Flash poderia estar atrapalhando o lançamento do PlayBook, da RIM

Publicado: 4 de janeiro de 2011 por Eduardo Castro em Noticias
Tags:, , , , , , , ,

A primeira versão do software Flash foi desenvolvida pela Adobe em parceria com a FutureWave, que foi comprada pela Adobe logo no começo dessa parceria, e lançada no ano de 1996. Inicialmente era apenas uma ferramenta para auxiliar na criação de animações mas com o tempo foi crescendo e sendo incorporada na criação de sites e jogos devido a sua facilidade na hora do desenvolvimento.

Atualmente o Flash está em sua quinta versão, mas muito se discute a respeito do futuro da tecnologia. De fato é muito simples de se desenvolver algo em Flash, mas muito pesado também. Em tempos onde os gadgets estão mirando em mobilidade e usando cada vez mais internet móvel, é inviável a criação de sites com esse recurso que exige muita banda de internet e processamento. E sem dúvidas o mais influente dentre os que atacam essa tecnologia e apoiam a “substituição” pelo HTML5 é o CEO da Apple, Steve Jobs, que não quis implementar Flash em seus aparelhos que usam iOS(iPod Touch/iPhone/iPad) e no novo e super fino MacBook Air. Seu maior argumento para abolir esse recurso de seus aparelhos é em relação a bateria, já que aparentemente o Flash requer muito processamento e isso requer energia.

E parece que o “titio Estevão Trabalhos” estava certo mais uma vez, pelo que parece a RIM(fabricante dos celulares BlackBerry) está tendo problemas com a autonomia da bateria do seu mais novo gadget, o PlayBook que é uma tablet de 7 polegadas com sistema operacional próprio bem interessante. Vejam um preview:

O aparelho só deve ser lançado no fim desse primeiro semestre de 2011, ainda está em fase de testes e um dos problemas que tem preocupado a RIM é a bateria do PlayBook, que por enquanto dura menos que a do iPad e do tablet da Samsung com Sistema Operacional Android, o Galaxy Tab.

As possíveis causas para esse problema, além do hardware forte que conta com um processador de dois núcleos, envolvem o Sistema Operacional do aparelho que não foi desenvolvido/otimizado especialmente para a Tablet e o maldito Flash que requer muito processamento do aparelho. Segundo testes realizados no MacBook Air, o uso do Flash reduz em aproximadamente um terço a autonomia da bateria, isso é deveras assustador.

Acredito eu que vai ser uma mudança natural a troca do Flash pelo HTML5, que fornece um novo leque de possibilidades para o desenvolvimento na web e se encaixa melhor no quesito “mobilidade”(vejam esse site feito em HTML5: http://migre.me/3q5e3).

Fonte: http://migre.me/3q6l6

Anúncios
comentários
  1. Alvaro disse:

    Pra mim flash = propagandas de enlarge ur penis e afins, já ta ultrapassado e apoio titio ESTEVAM.

    Ps: tou vendo o site no cel e fica PERFEITO pra ler, parece que o wordpress faz um auto-ajuste pros mobiles 😀

    • Eduardo Castro disse:

      Hahahaha. É, quando será que essa industria vai migrar pra HTML5? rs
      Sim, o WordPress fornece uma plataforma Mobile pro site, no iOS(tanto iPod Touch,iPhone e iPad) fica muito bom também =D. Inclusive tem como fazer post diretamente por eles. dik